• Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon

Chega ao fim a Liga jurídica 2015!

pós 9 datas conhecemos os campeões do feminino, do masculino Séries Prata e Ouro.

 

FUTEBOL SOCIETY FEMININO

Na tarde do último domingo, aconteceram as últimas partidas da edição 2015 da Liga Jurídica. Na disputa do 3º lugar do feminino, VPBG e Mattos Filho fizeram um 1º tempo bem equilibrado onde apenas aos 17 minutos de jogo, o VPBG conseguiu abrir o placar com Marina Barros que recebeu um passe de cobrança de falta e fez 1x0.

O começo do segundo tempo também foi equilibrado e só aos 10 minutos , Fernanda Fortes chutou de fora da área e ampliou o placar. Quando o jogo se encaminhava para o final, 9 e 17 de novo, fizeram mais 2 gols fechando o placar em 4x0. Com isso, o VPBG ficou em 3º lugar no campeonato feminino. 

Paralelamente, Tozzini, Freire e Aidar SBZ disputavam a final. Logo aos 40 segundos de jogo, Mayara Silva recebeu, girou e bateu no canto fazendo 1x0 Tozzini. Pouco depois, numa cobrança de falta 9, chutou, a bola desviou na defesa e traiu a goleira. O Aidar não se entregava e no fim do 1º tempo, Elisa Pinheiro chutou de longe a diminuiu a vantagem.

 

O 2º tempo começou bem equilibrado com chances para ambos os lados quando a goleira do Aidar deu rebote pro meio da área e Selminha chutou forte fazendo 3x1 e encerrando a partida.

Na cerimônia de premiação, Mayara Silva do Tozzini, Freire foi eleita a melhor jogadora da final além de ser a artilheria do campeonato com 7 gols. A melhor goleira do campeonato foi Ingrid Furtado também do Tozzini. As 7 jogadoras que formaram a Seleção da Liga Jurídica 2015 foram eleitas pelos técnicos, capitãs ou representantes ao longo do campeonatos. São elas: Ingrid Furtado, Mayara Silva e Selma Silva do Tozzini, Freire, Juliana Nórcia, Cíntia Melo e Marcela Calvente do Aidar SBZ, além de Fernanda Fortes do VPBG. 
 

FUTEBOL SOCIETY MASCULINO

 

SÉRIE PRATA
Pela disputa de 3º lugar da Série Prata masculina, Castro Barros e MFRA se enfrentaram num jogo que tinha de tudo para ser morno. Mas não foi. O placar final de 9x8 mostrou que foi um jogão de bola do começo ao fim. Logo aos 39 segundos, Cléber Sassi chutou de longe fazendo 1x0 para o Castro Barros. Pouco depois, foi a vez de Marcos Conceição também fazer o seu de fora da área. O 1º tempo encerrou empatado em 3x3 mas, mais uma vez no comecinho, Marcos fez uma bela jogada individual colocando de novo o Castro Barros na frente. As equipes se revezavam no ataque e faziam seus gols deixando o jogo empatado em 8x8 até os 25 minutos, mas Cléber num cruzamento fez o gol e eliminou a necessidade de prorrogação e tornando o Castro Barros, o 3º colocado da Série Prata.

Na outra quadra Braga Nascimento e Pinheiro Neto decidiam a final da mesma Série. Leonardo Buttino recebeu na entrada da área e colocou o Braga Nascimento na frente, Pouco depois, Diógenes na saída do goleiro ampliou o placar, mas mesmo assim, o Pinheiro Neto não desanimou, diminuindo com Gustavo Andrejozuk que fez de cabeça e Marcelo Pompilio que empatou numa cobrança de shoot out. Aos 22 minutos, uma bola espirrada na área foi a deixa para Buttino desempatar. No 2º tempo as chances de ambas equipes diminiuram e os gols não saíram dando o título de campeão da Série Prata ao Braga Nascimento.

SÉRIE OURO
Na Série Ouro disputando o 3º lugar, 2 tradicionais equipes na história da Liga Jurídica. Em 2012, se enfrentaram na final e o Machado Meyer carimbou a faixa. Agora de novo frente a frente fizeram um ótimo jogo, cheio de gols e emoções. No 1º tempo, Rafael Fernandes após rebote do goleiro fez 1x0 pro Machado que começou ligado fazendo mais 3 gols e sofrendo o 1º apenas aos 24 minutos após Rodrigo Silva chutar da entrada da área encerrando o 1º tempo em 4x1 pro Machado Meyer. 

No 2º tempo, o Mattos Filho mostrou que não ia vender fácil o 3º lugar chegando a empatar o jogo em 5x5. Porém, o Machado acordou e deu um novo gás tomando a frente no placar até encerrar o jogo com um gol de Ricardo Moreira que roubou uma bola na entrada da área fazendo 8x6 pro time de vermelho e ficando em 3º lugar.

 

Na finalíssima da Série Ouro, Aidar SBZ e Lobo & De Rizzo se enfrentaram. As equipes começaram se estudando sem claras chances de gol para nenhuma delas. Aos 9 minutos de jogo, João arriscou do meio de campo, a bola bateu no travessão e entrou fazendo Aidar 1x0. Aos 19, Bruno Landini deixou Murilo Domene na cara do gol que driblou o goleiro e ampliou o placar. Aos 20 minutos, o Lobo & De Rizzo estourou em faltas dando um shoot out pro adversário. Na cobrança, Bruno foi derrubado dentro da área pelo goleiro. A arbitragem aplicou a regra expulsando o guarda-metas gerando insatisfação, reclamação e expulsão de mais 2 jogadores. Na cobrança Bruno fez 3x0. O Lobo & De Rizzo teve tempo para descontar numa cobrança de falta de Erick. Na volta pro 2º tempo visivelmente abatidos, os jogadores do Lobo não viam muitas chances ainda de lutar pelo título, dando ao Aidar muito poder de fogo mas apenas aos 7 minutos Tássio fez uma bela jogada individual e marcou o seu. Aos 13, numa rápida e envolvente troca de passes, Bruno Landini fez mais um. Pouco depois, numa jogada muito parecida, ele fez outro. Rafael Sacucci recebeu dentro da área e bateu de primeira. O Lobo descontou aos 25 minutos numa cobrança de shoot out convertida por Felipe Neves. O Aidar venceu por 7x2 e tornou-se campeão da edição 2015 da Liga Jurídica.

Na premiação do masculino, Leonardo Buttino do Braga Nascimento e Tássio Britzik foram eleitos os melhores jogadores das finais das Séries Prata e Ouro respectivamente. Bruno Landini do Aidar SBZ fez 15 gols e encerrou o ano como artilheiro. Giancarlo Borba do Siqueira Castro foi o melhor goleiro da competição. Os jogadores eleitos os melhores do ano foram: Giancarlo Borba do Siqueira Castro, Luis Godoy do BM&A, Bruno Landini e Alex Nogueira do AIDAR SBZ, Rodrigo Oliveira do Lobo & De Rizzo, Renato Nakagawa do Mattos Filho e Cléber Sassi do Castro Barros.

Ao longo da tarde os presentes puderam se servir de espetinho oferecido pela AALJ, rever amigos de outros escritórios ou da faculdade.

Nos vemos em 2016!

 

ORGANIZAÇÃO E REALIZAÇÃO SPORTIVA:

A Sportiva é especialista em organizar todas as etapas de campeonatos corporativos, entre empresas ou dentro de apenas uma. Com diversos tamanhos ou formatos, cuidamos da criação da identidade visual do torneio, site, redes sociais, até a realização dos jogos, com arbitragem oficial, equipe médica, fotos, vídeos, entrevistas, resenhas das rodadas, premiação com medalhas customizadas, troféus e cerimônia de encerramento. Temos também várias outras possibilidades para incrementar o evento. Tudo isso adequado ao seu orçamento. Entre em contato conosco: sportiva@sportiva.com.br

/AALigaJuridica

/AALigaJuridica

/aaligajuridica

Organização e realização:

Sportiva Marketing e Eventos

www.sportiva.com.br